O site que corre com você

Siga-nos

Em 05 abr, 2017

Pra Correr Pelo Mundo: Maratona de Santiago – “pertinho” e incrível!

No Pra Correr Pelo Mundo nós contamos quinzenalmente tudo sobre as provas de corrida mais incríveis do mundo. Abrimos a série com a icônica Maratona de Boston, e neste segundo episódio estamos trazendo a série mais próxima da nossa realidade sul-americana com uma das provas mais interessantes que temos por aqui: a Maratona de Santiago.

Um pouco de história

A Maratona de Santiago possui uma história recente. Disputada pela primeira vez em 2007, a prova teve a sua 11a edição no último final de semana, com mais de 28 mil participantes em seus três eventos: a Maratona propriamente dita; Meia-Maratona; 10k. Apesar dessa história recente, o sucesso da prova é notável desde a primeira edição (foram mais de 6 mil inscritos naquela ocasião). Em 2010, a prova fez história como gesto de união e solidariedade do povo chileno, que havia sofrido algumas semanas antes da prova com um terrível terremoto que abalou a região. Foi a primeira vez que a prova, que teve uma série de homenagens, superou 25 mil pessoas.
Em 2012, o atestado de qualidade: a prova foi reconhecida com o selo bronze de qualidade da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), juntando-se a outras três provas da América do Sul (duas na Colômbia e a São Silvestre no Brasil), e sendo a única Maratona do continente a possuir o selo.
Em 2015, a prova também passou a arrecadar fundos para o UNICEF Chile, alcançando mais de 8 milhões de dólares em contribuições de corredores solidários.
Em 2017 a prova atingiu recorde de inscritos (28 mil na soma das três distâncias) e de finishers na Maratona (exatos 4.618).
A edição também foi marcada pelo novo recorde do percurso: o queniano (sempre eles!) Lucas Rotich venceu a prova com 2h09m37s. No feminino, vitória da peruana Inés Melchor, com 2h34m12s, que também é a recordista do percurso, com seus 2h28m18s obtidos em 2015. Das 11 edições, os africanos venceram 9 no masculino, mas no feminino o domínio é sul-americano, com 7 vitórias.

A incrível presença dos Brasileiros em Santiago

Segundo dados do blog recorrido (hhtp://recorrido.com), a Maratona de Santiago de 2017 teve a presença de 625 brasileiros. Ou seja: ela é superada atualmente apenas pelas Maratonas de Buenos Aires e da Disney. E mais: apenas quatro maratonas em solo brasileiro (Rio, São Paulo, Porto Alegre e Curitiba) possuem mais inscritos que é isso.

O Percurso

A prova tem largada e chegada na Praça da Cidadania (Plaza de la Ciudadanía), em frente ao Palácio Presidencial chileno (Palace La Moneda). A prova conta com diversas subidas leves, em especial na primeira metade, sendo a segunda metade mais caracterizada por declives (também leves). Em geral, não é uma prova plana, embora o percurso não possa ser caracterizado como difícil. Uma boa marca é possível, sobretudo pela ótima temperatura desta época na cidade (em torno de 15C). No total da prova (somando todos os aclives e declives), temos um aclive total de cerca de 250 metros. Vale salientar que a prova chega a uma altitude máxima acima de 700 metros, mas que essa altura não chega a atrapalhar os corredores.
Outro destaque da prova é a presença notável do público durante o percurso (maior que nas Maratonas Brasileiras).

Inscrições

Como a edição de 2017 acabou de acontecer, as inscrições para 2018 ainda não estão abertas, mas você já pode ir se programando. Neste ano elas custaram entre 28.000 e 36.000 pesos chilenos (o que no câmbio atual corresponde a valores entre 130 e 170 reais), e podem ser feitas diretamente no site oficial do evento.

Vale a Pena?

Vale muito! Corredores em Santiago podem esperar uma das melhores organizações de eventos da América do Sul, uma prova mais animada que a média das corridas no Brasil e um evento grandioso, que realmente para a cidade. As inscrições por preços alinhados com a realidade brasileira, os custos mais baixos devido à proximidade com o Brasil e os atrativos turísticos do Chile fazem desta prova uma grande opção para unir turismo e corrida.

Enquanto 2018 não chega, confira abaixo as fotos do evento que ocorreu neste domingo, dia 2 de abril.

Largada da prova: total de 28 mil participantes na Maratona, Meia e 10 km

 

Chegada do vencedor Lucas Lobuwan Rotich.

 

A solidariedade marca presença todos os anos no evento. Foto: unicef.cl

 

um mar de corredores durante todo o percurso.

E você, gostou? Quais seus planos de corrida fora do Brasil? Conta pra gente! 

  • Por pracorrer  1 Comentários   
  • maratona de santiago

    1 Comentários

    Por elias correa em
    • 25 jul 2017
    Responder  
    fui em 2017 gostei muito cidade maravilhosa povo super gentil corrida super organizada além do percurso tranquilo um clima muito agradavel super recomendo

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *