O site que corre com você

Siga-nos

Em 18 jul, 2016

COLUNA DO TAURO – QUANDO CORRER A SUA PRIMEIRA PROVA?

Que a corrida é viciante e prazerosa, não é nenhuma novidade. Mas essa paixão é movida em cada um por alguns motivos em especial. Muitos corredores ao ingressarem nesse esporte, pensam como e quando farão sua estreia em corridas. Qual o momento, distância e local ideal para cruzar sua primeira linha de chegada?

É importante comentar que antigamente a distância padrão de uma prova era os 10km. Uma vez ou outra surgiam corridas rústicas com percurso menor. Mas em tese, ou tu já saía correndo muito ou então teria de esperar uma rara oportunidade de participar de algum evento diferenciado.

Hoje em dia, as distâncias são bem variadas, o que facilita e possibilita a iniciação de qualquer pessoa, tornando a corrida cada vez mais democrática. Esse é o espírito. Aqui tem lugar pra todos.

Pensando agora, em alguém que começou a correr há pouco tempo e que a sua “prova alvo” seja com 4 meses de treinamento. Nesse caso, sugiro uma distância de 3km. Lembre-se: é apenas o primeiro passo. Tenha paciência e disciplina. Não acho conveniente correr mais de 3 vezes por semana. Se quiser fazer mais algum aeróbico, faça uma caminhada.

Para cumprir esse desafio, é interessante ter no seu volume diário de treino, em torno de 2 a 2,5km de corrida, podendo até ser seccionado com pequenos períodos de caminhada. Digo isso, pois no dia terás um “plus” que te levará mais longe: a motivação de vencer. É impressionante a capacidade de superação do ser humano. Isto é vencer limites. Percebo e acompanho pessoas que não tinham feito qualquer treino na distância planejada. Na verdade isso acontece com qualquer atleta.


Exemplo: um maratonista não treina 42km para atingir seu objetivo. Há metodologias que falam em 32, 35, 38km…. mas isso vamos aprofundar num outro momento.

Voltando aos estreantes. A energia que uma corrida tem, os outros corredores correndo ao seu lado, a sua determinação, com certeza te levará a glória da conquista. Planeje e treine seu ritmo de prova em determinadas seções. Em outras, preocupe-se com o volume (tempo e quilometragem de treino). Procure um percurso plano para que seu tempo seja o mais real possível para aquela distância e que então sirva de parâmetro para elaboração e planejamento dos próximos treinos.

É isso aí galera! Agora é apertar bem o cadarço e colocar o pé na estrada!

Boa sorte!

  • Por pracorrer  1 Comentários   1

    1 Comentários

    Por Rafael Souza em
    • 19 jul 2016
    Responder  
    Isso aí Tauro. Dicas simples e direta. A energia presente nas provas é quase indescritível , melhor de tudo é participar.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *